Trilhas em Itaipava: quais são as principais? Descubra aqui!

Aqui em Itaipava, minha cidade do coração, alguns trilhas estão disponíveis para a exploração dos aventureiros.

No artigo de hoje, vou mostrar a você algumas das trilhas em Itaipava que já fiz e que geralmente indico para quem se hospeda aqui na pousada.

As melhores trilhas em Itaipava

Trilha da Pedra de Itaipava

Eu recomendo a Pedra de Itaipava como uma das trilhas mais incríveis da serra carioca.

Morando aqui, já tive a chance de explorar essa rota que oferece uma vista de 360 graus para as montanhas, tornando-se um destino popular.

Já fiz essa trilha e reuni algumas informações essenciais que você deveria saber antes de começar.

Na minha opinião, é uma trilha de dificuldade moderada, levando de 1 hora e meia a 2 horas para subir até o topo da Pedra de Itaipava, que possui a maior elevação do distrito, atingindo 1.369 m de altitude.

A vista lá de cima é simplesmente deslumbrante, proporcionando um panorama completo do distrito de Itaipava, do circuito de montanhas do Taquaril, quase toda a extensão do Monumento Natural Estadual da Serra da Maria Comprida e o Parque Nacional da Serra dos Órgãos.

O caminho até o cume já é uma atração em si. Muitas fotos impressionantes são tiradas durante essa subida, que é bem traçada e visualmente encantadora do início ao fim.

Ao longo da trilha, a maior parte acontece em meio à vegetação aberta. Por isso, sugiro levar um boné e água para se manter hidratado durante o percurso.

Eu considero essencial se preparar com um tênis de boa aderência, botas de trilha ou até mesmo aqueles bastões específicos para caminhadas, garantindo mais firmeza, principalmente se a terra estiver escorregadia, dependendo da época do ano.

Com essas precauções, o passeio se torna uma experiência magnífica do início ao fim.

✅ Informações úteis

  • Endereço: Rua B, número 650
  • Nota do Google: 4,5

Trilha do Pinheirinho

Esta trilha pode ser feita em um bate e volta super rápido, ideal para quem deseja uma experiência bacana, mas não dispõe de muito tempo. Está localizada no bairro Caxambú, passando pela Igreja de Santa Isabel.

Basta subir uma ponte de paralelepípedo e seguir o caminho. Eu sugiro estacionar o carro antes que a estradinha fique estreita demais para evitar problemas.

Em minha última experiência por lá, depois de estacionar, andei apenas uns 5 minutos para chegar à entrada da trilha, que é bastante tranquila e também serve como entrada para outra trilha famosa, a Uricanal.

Decidi aproveitar um final de semana de sol e fui novamente com minha família. Em cerca de meia hora, chegamos sem dificuldades. O caminho é bem delimitado, e a vegetação é o grande diferencial e espetáculo do local.

Os pinheiros proporcionam um ambiente com um toque europeu e uma vegetação um pouco diferente do que estamos acostumados. Descendo por outra trilha, é possível avistar um rio, onde podemos beber água e nos refrescar.

Na primeira vez que fiz a trilha, havia uma árvore tombada suspensa entre outras árvores, o que proporcionava uma visão ainda mais interessante. Infelizmente, na última vez, a árvore não estava mais lá.

O rio também estava com mais água na primeira vez. Apesar de a trilha em si não oferecer uma paisagem marcante, a vegetação exuberante e a calma do local tornam o passeio realmente valioso.

✅ Informações úteis

  • Endereço: Estrada do Gentio, número 4.158
  • Nota do Google: 4,6

Travessia Parnaso (Parque Nacional da Serra dos Órgãos)

Eu já fiz a Travessia Parnasol várias vezes e recomendo bastante. Ela oferece uma vista deslumbrante da cadeia de montanhas da Serra dos Órgãos, uma verdadeira joia aqui na região onde moro.

Na minha opinião, é uma trilha de dificuldade moderada, com 1.200 metros de extensão, apresentando trechos de subida íngreme em degraus e desníveis de quase 300 metros.

Há um mirante que indica os nomes das principais montanhas da serra, como Escalavrado, Dedo de Deus, Santo Antônio, entre outras. Para os amantes das paisagens naturais, como eu, essa é uma experiência imperdível.

Além disso, antes de chegar ao mirante, há uma bifurcação que conduz a outra trilha, a 360, que faz a ligação entre a Cartão Postal e Mozart Catão. Eu gosto da variedade de opções que essa trilha oferece.

O acesso é pela estrada da Barragem, logo após a casa do montanhista. Pela minha experiência, deixar o carro na antiga pousada localizada à frente da entrada da Cartão Postal é uma boa escolha para evitar contratempos.

Dessa forma, posso aproveitar a trilha com tranquilidade, explorando as belezas naturais que a Serra dos Órgãos tem a oferecer.

✅ Informações úteis

  • Endereço: Avenida Rotariana, Sem Número
  • Nota do Google: 4,8
rm3
rm3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A hospedagem mais bem avaliada no Google em Itaipava – Petrópolis/RJ